terça-feira, 2 de março de 2010

APRESENTAÇÃO DE SEMINÁRIO-NEI - UNEB- CAMPUS X

º slids:UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO – CAMPUS X
COLEGIADO DE LETRAS

ROSENILDA LIMA BARBOSA DE JESUS

“UM CONTATO LÚDICO COM A LÍNGUA INGLESA”

2º slids:IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO
Este projeto tem como público alvo os alunos do 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Gilberto da Silva Cardoso.
A referida turma é composta por 37 alunos, sendo 17 meninas e 20 meninos.

EMBASAMENTO TEÓRICO

conhecer uma segunda língua significa alargar o conhecimento de mundo do aluno e permitir que ele faça uso destes conhecimentos para construir significados na sociedade em que vive e contribuir para o processo educacional como um todo.
(PCN, 1998).

Insegurança quanto à dificuldade das aulas e das provas do 6º ano. Medo de repetir;
Medo de ser perder dentro da nova escola ou nas instalações das séries finais do Ensino Fundamental;
Desorganização do material didático;
Dificuldade de se organizar para estudar e realizar trabalhos;
Inseguranças em se abrir para relatar problemas. Não saber a quem recorrer;
Desempenho irregular em algumas disciplinas
( A criança vai bem em Ciências e mal em História). (MIRANDA, 2009).

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS
O jogo ganha um espaço como ferramenta ideal da aprendizagem na medida em que propõe estímulo ao interesse dos alunos. O jogo ajuda-os a construir suas próprias descobertas, desenvolve e enriquece a sua personalidade e simboliza um instrumento pedagógico que leva o professor à condição de condutor e avaliador da aprendizagem.( ANTUNES,2000, p.36).

O jogo ganha um espaço como ferramenta ideal da aprendizagem na medida em que propõe estímulo ao interesse dos alunos. O jogo ajuda-os a construir suas próprias descobertas, desenvolve e enriquece a sua personalidade e simboliza um instrumento pedagógico que leva o professor à condição de condutor e avaliador da aprendizagem.( ANTUNES,2000, p.36).

Assim, por meio da ótica dos estudos de Piaget, podemos notar que os jogos não são apenas uma forma de desafogo ou entretenimento para gastar energias das crianças, mas meios que contribuem e enriquecem o desenvolvimento intelectual.
( CHAGURI,2004)

Language experiences should be MUSICAL, taking advantage of the young child’s natural interest in listening and moving to the “melody” of language, and in singing and chanting. An added plus: young children willingly perform pieces they really like many, many times. (BITTINGER, 1999. p.36).

JUSTIFICATIVA
Este trabalho é resultado de um projeto de extensão universitária aplicado para crianças que estão no 5º ano do Ensino Fundamental e que ainda não haviam tido um contato com a língua inglesa nas séries iniciais.
A idéia de desenvolver o projeto “ Um Contato Lúdico Com a Língua Inglesa” partiu de uma pesquisa feita no estágio de observação, na Escola Municipal Gilberto da S. Cardoso, onde constatei que a maioria dos alunos tem vontade de aprender inglês, mas teme não conseguir, por pensar ser difícil e inacessível, além de estar temerosa de ter a disciplina inserida no currículo do próximo ano letivo, 6º ano.
10º
OBJETIVO GERAL
Construir significados em outro idioma, comparando os conhecimentos da língua materna com os novos conhecimentos adquiridos na segunda língua, de forma natural e prazerosa, através de um contato lúdico com a língua inglesa.
11º
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
* Desmistificar a Língua inglesa para os alunos do 5º ano do Ensino fundamental, fazendo com que eles tenham uma transposição menos amedrontadora para as séries seguintes;
* Entender a Língua Inglesa como uma possibilidade de compreender melhor o mundo e interagir com seus semelhantes
12º
METODOLOGIA
1º Momento:
Leituras de embasamento teórico e elaboração do projeto;
2º Momento:
Observação da instituição de ensino e público alvo.
3º Momento:
Seleção de conteúdos e materiais, e elaboração de planilhas.
4º Momento:
● Execução do projeto e elaboração do relatório final.

13º
Resultados
O trabalho foi satisfatório, uma vez que os objetivos propostos foram alcançados de forma integral.
Os alunos participaram efetivamente das aulas demonstrando interesse nas atividades.
Portanto, asseguro que o aprendizado ocorreu da melhor forma possível: proporcionando satisfação aos principais envolvidos no processo de conhecimento, o professor e alunos.
14º
Considerações finais
Este projeto considerou alguns desafios enfrentados pelos alunos que passam da 5º para o 6º ano, motivo que levou-me a refletir sobre as maneiras de minimizar esse impacto que a língua inglesa parece ter sobre as crianças neste momento, instigando-me a propor uma abordagem lúdica que facilita o ensino/aprendizagem
e contribui para a formação de cidadãos mais autônomos, críticos e participativos.
No que se refere às minhas impressões enquanto futuro profissional de língua inglesa, pude notar que algumas coisas se distanciam um pouco do que aprendemos na teoria e que a prática traz novidades. Mas é exatamente através da prática que se descobre novas teorias e se procura melhorar o que parece imperfeito e deficiente, foi o que tentei fazer com este trabalho que ora lhes apresento.
15º
Referências
ANTUNES, Celso. Jogos para a estimulação das múltiplas inteligências. 8. ed. Petrópolis: Vozes,20000.

BITTINGER, Judith M. Teaching young Children in Nurturing Environment. New Routes . 29 de Novembro de 1992. DISAL-SA. São Paulo-SP

NUNES, Ana Shemsny. O Lúdico na aquisição da segunda língua. Em: . Acesso em 20 de Fev.de 2010.

PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS. Terceiro e quarto siclos do ensino fundamental: Língua estrangeira. Secretaria de Educação Fundamental Brasileira. MEC/SEF, 1998.

CHAGURI, jônatas de paula: Jogos: Uma Maneira Lúdica em Aprender a Língua Inglesa.Disponível em: http://www.linguaestrangeira.pro.br/para_saber/jogos.html,acesso em 15 março de 2006
16º
Anexos
Um dos jogos confeccionados para o projeto
( FOTOS TIRADAS DURANTE A EXECUÇÂO DO PROPJETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário